SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO

NOTÍCIAS


Gentileza gera gentileza” na escola Brigadeiro Fontenelle
05/11/2010 09:09:00
“A gentileza é o lado mais áspero da lixa. As grandes oportunidades de nossa vida são geradas por uma coisa sem despesa: A gentileza”. Foi com frases como esta, que alunos, pais e professores foram recebidos no lançamento do Projeto ”Gentileza gera gentileza”, desenvolvido pela comunidade da escola Brigadeiro Fontenelle, no bairro da Terra Firme. A programação do projeto se estendeu por todo o dia, nesta terça-feira, 26, e contou com a participação de toda comunidade escolar.

A iniciativa de realizar este projeto inédito no Norte do país, partiu de um grupo de professores da escola, que perceberam a necessidade de dar atenção a alguns problemas de convívio entre os alunos. O grupo se inspirou nos conceitos de José Datrino, mais conhecido como Profeta Gentileza, que foi o mentor do projeto no Rio de Janeiro.

O projeto consiste em conscientizar os alunos a praticar ações de boas maneiras, trabalhar temáticas de educação e gentileza, tolerância, amor e companheirismo dentro do ambiente escolar. José Datrino em seu projeto distribuía flores para as pessoas nas ruas, assim foi feito, ontem dentro da escola Brigadeiro Fontenelle, onde todos os convidados foram recebidos com uma flor pelos professores e alunos.

Segundo a diretora da escola, Odilene Santos, todos os 2.572 alunos estavam envolvidos na iniciativa, sendo que desse total, 38 são da educação especial. “Nossa programação ultrapassou todas as expectativas”, afirmou Odilene. A programação de lançamento envolveu mostras de vídeos, leituras, apresentações como danças e peças teatrais.

Ela destacou, ainda, a importância da repercussão positiva que teve o projeto. “Ano passado nossa escola vivia na mídia, mas pelo lado negativo, como violência, falta de infra-estrutura. Hoje, a realidade é outra, inclusive, estamos inaugurando o novo sistema de água para os alunos e isso é uma grande conquista”, revelou.

Ana Cristina, 14 anos, é aluna da 6° série do ensino fundamental e se diz satisfeita com o projeto. “Aprendi o tanto que a violência não é boa no ambiente escolar. Com este projeto, que já vinha sido discutido antes deste evento, já podemos perceber uma diferença, não existe mais violência aqui dentro. Hoje eu apresentei uma dança que mostra o ato de José Datrino de entregar flores para as pessoas, e só assim, descobrimos como gentileza gera gentileza”, destacou.

A partir do lançamento do projeto, toda semana, os temas referente a gentileza, serão trabalhados no espaço recreativo da escola, onde cada professor vai dedicar um pouco do seu tempo para realizar atividades entre os alunos, que estimulem as práticas de boas maneiras, objetivando a reeducação e diminuição os conflitos no ambiente escolar.

Texto: Murilo Moura(Estagiário)
Fotos: Adauto Rodrigues
Asscom/Seduc
Links
 
Downloads