Página inicial do Secretaria do Estado de Educação

Seduc lança projeto para combater violência em escolas da 12ª URE, em Itaituba

22/11/2022 12h53 - Autor: Vinícius Leal (SEDUC) 323 visualizações
Foto: Seduc lança projeto para combater violência em escolas da 12ª URE, em Itaituba
Seduc lança projeto para combater violência em escolas da 12ª URE, em Itaituba

Inicialmente, serão atendidas sete escolas da rede pública estadual e dois anexos, a partir de 2023

Na escola, a convivência entre alunos possibilita a troca de experiências, o amadurecimento intelectual e o bom convívio social. Para consolidar esses vínculos, a Secretaria de Estado de Educação (Seduc) lançou, na última sexta-feira (18), o Projeto “Unir para fortalecer laços no combate à violência escolar”. A ação será desenvolvida nas escolas jurisdicionadas à 12ª Unidade Regional de Educação (URE), em Itaituba, no Sudoeste do Pará.

A iniciativa conta com a parceria das polícias Civil e Militar, Ministério Público do Estado do Pará (MPPA), Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-PA), Conselho Tutelar e Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap). Durante o lançamento foi apresentado o planejamento estratégico aos diretores escolares. Em breve, outra reunião será realizada para discutir o cronograma de trabalho.

Profissionais de vários órgãos que participaram do lançamento do projeto (Foto: Divulgação)

Serão atendidas, inicialmente, sete escolas estaduais e dois anexos na sede municipal de Itaituba. O projeto será realizado por etapas, a partir de 2023, incluindo reuniões nos espaços de aprendizagem com a presença de representantes da 12ª URE (Unidade Regional de Educação), dos órgãos de segurança pública e de direitos humanos. 

Segundo o gestor da 12ª URE, Ribamar Almeida, “é de suma importância nós termos essas entidades conosco. Todos estiveram presentes e participaram ativamente. Este foi apenas o primeiro passo. Teremos outra reunião em dezembro, e lá vamos discutir o cronograma de trabalho, porque este projeto será executado durante o ano letivo de 2023 nas escolas estaduais”.

Ribamar Almeida disse, ainda, que será criada uma força-tarefa na 12ª URE para fazer visitas constantes às escolas e abordar a importância de coibir a violência dentro desses espaços. “Posteriormente, vamos expandir esse projeto, repassar às escolas municipais, para a escola tecnológica da cidade, e também para o Instituto Federal do Pará (IFPA), Campus Itaituba”, complementou.