Página inicial do Secretaria do Estado de Educação

Escolas Estaduais promovem ações de educação ambiental no Dia Mundial do Meio Ambiente

06/06/2024 08h36 - Autor: Amanda Oliveira (Ascom Seduc) 877 visualizações
Foto: Escolas Estaduais promovem ações de educação ambiental no Dia Mundial do Meio Ambiente
Foto: Divulgação

As iniciativas alinharam arte, cultura, preservação da natureza e tecnologia 

No dia Mundial do Meio Ambiente, celebrado nesta quarta-feira (5), as escolas estaduais promoveram ações de educação ambiental para conscientização da comunidade escolar sobre reciclagem, sustentabilidade e mudanças climáticas. Os eventos contaram com apresentação de dança junina, desfile de figurinos produzidos a partir de material reciclável, exposição de maquetes, interação com jogos, apresentação musical entre outras atividades. Essas iniciativas surgem a partir do componente curricular obrigatório de Educação Ambiental, Sustentabilidade e Clima ofertado pela Secretaria de Estado de Educação do Pará (Seduc).

Foto: Divulgação

A Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Palmira Gabriel, localizada no bairro Tenoné, em Belém, realizou o evento “Meio Ambiente e Diversidade Cultural”, idealizado de forma interdisciplinar e envolveu 1.200 estudantes.

“A gente percebe que já houve conscientização, vimos nos trabalhos das crianças hoje, o evento teve abertura com músicas da banda que é da própria escola, declamações de poemas, tudo relacionado ao meio ambiente. A gente deu a ideia e eles propuseram os trabalhos e muitos vão ficar como material didático”, explica a professora Denise Araújo. Além dos materiais desenvolvidos pelos estudantes, a plantação de mudas também está na programação, encerrando o evento na quinta-feira (6). A atividade acontece em parceria com a Associação Cultural Marex que doou espécies de plantas como: Andiroba, Ipê Rosa, Piquiá, Acapú, Jambo, Carambola entre outras.

Samuel Vasconcelos, estudante do 8º ano da Escola Estadual Palmira Gabriel, explica sobre a maquete que desenvolveu com seu grupo a partir de material reciclável. “Fizemos uma cidade ecológica, com a intenção de incentivar a preservar o meio ambiente. Todas as casas têm placas solares, têm uma pequena horta, tem a caixa d'água e têm as lixeiras de coleta seletiva para organizar. Acho que é muito importante aprender mais sobre isso, sobre preservar o meio ambiente”, pontua o aluno.

Na Usina da Paz do Guamá, situada na capital paraense, 21 escolas promoveram a “1ª Mostra de Educação Ambiental e Cultura” com o tema “Mapeamento Participativo Como Estratégia para Práticas Sustentáveis na Comunidade Escolar Amazônida”. Expositores com trabalhos desenvolvidos pelos estudantes e professores continham literatura, conhecimento, arte e criatividade, alinhados com educação ambiental através da conscientização da preservação do meio ambiente e da reciclagem de materiais, uma ação organizada em dois meses pelas escolas.

Foto: Divulgação

“O evento foi maravilhoso, a presença dos pais, da comunidade dentro da Usina e ver a paixão que as crianças têm pelo que fizeram, expondo trabalhos, foi um evento muito feliz. É justamente para isso que eu a Usipaz existe, para promover essa inclusão, não só do bairro do Guamá, temos escola dos bairros: Condor, Jurunas, Terra Firme. Então hoje, no Dia Mundial do Meio Ambiente, fazer com que as escolas estejam aqui ocupando esse espaço é importante“, enfatizou Renato Ferreira, coordenador geral da UsiPaz Guamá.

A ação desenvolvida pela Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Oneide Souza Tavares, em Ananindeua, integrou educação ambiental e letramento digital, pensamento computacional, robótica e raciocínio lógico, o “1º Scratch Day OST”. Entre as atividades desenvolvidas estão jogos eletrônicos desenvolvidos por alunos do ensino médio integral e fundamental sobre descarte correto de resíduos, além de um desfile de moda com figurinos produzidos a partir de materiais recicláveis, criados também pelos estudantes do nível médio integral da escola, assim como a atividade de plantio de mudas.

Foto: Divulgação

Educação ambiental - A Secretaria de Estado de Educação (Seduc) oferece, desde o primeiro bimestre de 2024, o componente de Educação Ambiental em todas as etapas do ensino, de forma obrigatória nas escolas estaduais, podendo ser aderido nas municipais. O componente é ofertada a partir da Política Pública de Educação para o Meio Ambiente, Sustentabilidade e Clima, que completa um ano nesta quarta-feira, 5. Isso torna o Pará pioneiro na garantia de um componente curricular obrigatório de sustentabilidade e incentiva o surgimento de projetos.


MAIS FOTOS