Página inicial do Secretaria do Estado de Educação

Em Capanema, Governo do Pará entrega escola de número 137 totalmente reconstruída e ampliada

11/04/2024 14h05 - Autor: Bianca Rodrigues (Ascom Seduc) 743 visualizações
Foto: Em Capanema, Governo do Pará entrega escola de número 137 totalmente reconstruída e ampliada
Foto: Marcelo Lelis / Ag. Pará

Com atendimento a 1.120 estudantes do Ensino Fundamental II e Médio nos turnos manhã, tarde e noite. Capanema é destaque na Educação e cresceu em 42% o número de estudantes leitores

Em Capanema, na Região de Integração Rio Caeté, moradores receberam com alegria mais uma conquista para a comunidade. Isso porque, o governador do Estado, Helder Barbalho, entregou nesta quinta-feira, 11, a nova Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Dom João VI, totalmente reconstruída e ampliada. Esta é a escola de número 137 entregue desde o início da gestão, por meio da Secretaria de Estado de Educação (Seduc) em diversos territórios do Pará.

"Hoje é um dia muito especial para mim, para Capanema e para toda a comunidade escolar. Esta conquista é de muita gente que colaborou para que este momento se transformasse em realidade. Aos estudantes, cuidem deste espaço, ele foi feito para vocês, valorizem esta conquista, compreendam que ela é a extensão da casa de cada um de vocês. Que essa escola cumpra o papel da alfabetização, da formação, da qualificação e que a partir daquilo que vocês estarão recebendo aqui, vocês possam ter um horizonte de oportunidades, buscando a felicidade, a realização do sonho de cada um de vocês. Quero agradecer a contribuição do município, pois hoje premiamos a alfabetização e o trabalho de chamamento das nossas crianças para o processo de avanço no acesso à Educação. Capanema foi um dos melhores resultados de todo o Pará, com mais de 40% de melhoramento nos níveis de alfabetização. E isso demonstra o que estamos construindo no Estado, um movimento em favor da Educação. Não adianta o município cuidar da educação se o Estado não der conta de receber um aluno. Só dará certo a educação no Pará se ambos fizerem a sua parte. E é isso que está acontecendo aqui no município, melhorando a educação, alfabetizando na idade certa, entregando um aluno com qualidade", destacou o chefe do Executivo Estadual, Helder Barbalho.

Foto: Rai Pontes / Ascom Seduc

Com atendimento a 1.120 estudantes do Ensino Fundamental II e Médio nos turnos: manhã, tarde e noite, a Escola conta com 25 salas de aulas, totalmente climatizadas, sendo uma reservada ao Atendimento Educacional Especializado (AEE), quadra poliesportiva coberta com arquibancada, área administrativa, sala de professores, banheiros para estudantes e funcionários, despensa, cozinha, refeitório e copa. Além de um auditório com capacidade para 100 pessoas, laboratório multidisciplinar, laboratório de informática, biblioteca, sala de recurso audiovisuais e um lindo pátio coberto para recreação.

Márcio Douglas, pai de um estudante com Transtorno do Espectro Autista (TEA) ressaltou que com a modernização da estrutura agrega muito nesse processo de aprendizado, principalmente a nova sala do Atendimento Especializado da unidade.  "Fiquei muito feliz e realizado. Eu vi a escola como estava antes e como está agora e posso dizer que a estrutura está excelente. Estou com expectativas boas para o futuro do João e no atendimento dele aqui. O João é autista grau 2 e ele tem limitação de comunicação e está tendo evolução na leitura, na escrita agora. Tenho fé que no futuro ele tenha as realizações dele aqui no espaço", disse o pai do estudante João.

Foto: Rai Pontes / Ascom Seduc

A estudante da 2ª série do Ensino Médio, Maria Viviane Nascimento Borges, conta que os novos espaços da escola estão confortáveis para as aulas. "A escola ficou linda, sua estrutura ficou impecável, a gente vai poder estudar melhor, porque os professores vão poder dar aula em um local de qualidade. Então agora, como terá laboratório, sala de informática, auditório, vai melhorar muito para nós alunos. Eu e meus amigos adoramos aqui, quando estava em obras, nós viemos aqui e comemorávamos tudo isso", conta a estudante.

O estudante Luiz Sousa, também da segunda série do Ensino Médio, festeja o novo espaço. "Agora ficou enorme. Na quadra de esporte eu vou poder praticar o vôlei, modalidade que gosto muito, além dos espaços grande para eu caminhar aqui dentro", conta o estudante.

Estudante Maria Viviane - Foto: Rai Pontes / Ascom Seduc

"O município foi destaque e cresceu em 42% o número de estudantes leitores, um dos maiores crescimento do estado em um ano do programa 'Alfabetiza Pará' e esse compromisso precisa continuar e isso começa na alfabetização. Essa escola recebeu quase 8 milhões de investimentos, agradeço aos professores e equipe escolar que mesmo em dias difíceis, conseguiram manter seu trabalho incrível mesmo em condições limitadas. Então agradeço a todos que luta pela educação. Pai, mãe e família apoiem a escola, vocês têm que ajudar aqui dentro. Essa escola é dos filhos de vocês, dos filhos de Capanema e viva a educação", reforça Rossieli Soares, secretário de Estado de Educação.  Foto: Marcelo Lelis / Ag. Pará

A unidade foi construída em uma área total de 4.958.32 metros quadrados, sendo o valor do investimento R$ 7.432.492,07.

Foto: Rai Pontes / Ascom Seduc

Alfabetiza Pará - O Governo do Estado lançou, em janeiro de 2023, o Programa "Alfabetiza Pará", que, por meio da Seduc, em regime de colaboração, auxilia os 144 municípios do Pará no desenvolvimento dos estudantes dos anos iniciais durante o período de alfabetização. Como parte das ações, o programa já realizou avaliação de fluência leitora e escrita nos municípios que já aderiram à iniciativa e distribui continuamente material didático para as redes municipais que já aderiram ao programa no Estado.

O Estado do Pará dobrou número de crianças leitoras e cresceu 47% na avaliação de fluência. Durante a programação, o município de Capanema recebeu o certificado de destaque, já que aumentou seu percentual no índice de leitura, em 42%.

Foto: Rai Pontes / Ascom Seduc

Materiais didáticosNa oportunidade também foram entregues materiais didáticos do programa Alfabetiza Pará e do novo componente curricular, inédito no Brasil, de Educação Ambiental, Sustentabilidade e Clima. Os materiais didáticos são ferramentas fundamentais para potencializar o ensino e aprendizagem dos estudantes.


MAIS FOTOS