Página inicial do Secretaria do Estado de Educação

Educação pública é ampliada no sudeste paraense com três novos equipamentos

17/11/2023 23h40 - Autor: Bruno Magno (Ascom Seduc) 396 visualizações
Foto: Educação pública é ampliada no sudeste paraense com três novos equipamentos
Educação pública é ampliada no sudeste paraense com três novos equipamentos

Para reforçar a educação pública no município de Canaã dos Carajás, na Região de Integração Carajás, o Governo do Pará, por meio da Secretaria de Estado de Educação (Seduc), entregou reconstruída a Escola Estadual João Nelson dos Prazeres Henrique, e entregará, em breve, a Escola Estadual Irmã Laura e a Escola Técnica Profissionalizante do município. 

"Tive o enorme prazer de estar em Canaã no mês passado para a entrega da Escola João Nelson, e estamos trabalhando, junto à equipe de obras, para retornar muito em breve para mais duas entregas importantes para a educação no município. Garantir boas condições estruturais é fundamental para que nossos profissionais e estudantes tenham maior envolvimento, conforto e, consequentemente, melhores resultados e oportunidades. Esse é um momento de muita felicidade para a comunidade escolar, estamos avançando", destacou o secretário de Estado de Educação, Rossieli Soares.

Entregue no mês passado, a Escola Estadual João Nelson dos Prazeres Henrique atende cerca de 1.500 estudantes. As obras contemplaram a reconstrução de 10 salas de aula, secretaria, sala dos professores, sala da coordenação, despensa, refeitório, copa, banheiros masculino e feminino, coordenação pedagógica, biblioteca, laboratório de informática, laboratório multidisciplinar e sala de vídeo. 

As obras foram possíveis por meio de convênio entre a prefeitura local e o Estado. Um investimento superior a R$ 4,5 milhões. A escola ganhou ainda quadra poliesportiva coberta com arquibancadas e vestiário, e climatização em todas as salas de aula.

Inclusão - "Uma das grandes conquistas que nós tivemos aqui com essa reconstrução foi a sala do Atendimento Educacional Especializado (AEE). Agora, nós podemos fazer o atendimento personalizado com os alunos com deficiência. Antes não tinha essa sala, era difícil, nós tivemos que adaptar um espaço provisório para poder fazer esses atendimentos, e era sempre com muita dificuldade pela quantidade de alunos que nós temos, porque nós recebemos alunos da rede municipal e, com esse espaço melhorou muito, porque agora eu posso fazer um atendimento individualizado, com mais espaço pra eles. Os recursos também são de grande valia para o atendimento, porque a educação inclusiva é isso, é você estar incluindo esses alunos, tanto na escola, na sociedade", disse a professora Alicia da Conceição, que trabalha com educação especial na unidade.

A reconstrução da escola também beneficiou estudantes como Igor Eduardo de Souza, que cursa o ensino médio na unidade. "Antes a gente só estudava no dia de sábado, aí no meio da semana nós estudávamos on-line devido às obras. Sábado era desconfortável demais, tinha que juntar duas, três turmas na minha sala. Melhorou de uma forma excelente, agora os alunos podem ter mais espaço, podem andar pela escola mais tranquilamente. Temos o ar-condicionado, antes era um ventilador, mas agora a climatização está boa, está melhor  estudar, está mais agradável o ambiente", ressaltou ele.

Reforço - Em breve, o governo do Estado também entregará as obras de reconstrução da Escola Estadual Irmã Laura, para beneficiar 1.578 estudantes do ensino médio regular nos turnos da manhã, tarde e noite, e do EJA (Educação de Jovens e Adultos).

Escola Irmã Laura. Foto: Marcelo Lelis

As obras contemplaram a reconstrução de salas de aula, secretaria, sala dos professores, sala da coordenação, despensa, refeitório, copa, banheiros masculino e feminino, coordenação pedagógica, biblioteca, sala de vídeo e cinco laboratórios. As obras foram possíveis por meio de convênio entre a prefeitura de Canaã dos Carajás e o governo do Estado, com investimento de quase R$ 5 milhões. 

"O conforto é fundamental para o processo de ensino e aprendizagem. As salas climatizadas, além de se melhorar a acústica com as portas fechadas e vidro nas salas, você também melhora o processo de ensino e aprendizagem, com salas mais confortáveis, isso é melhoria tanto pro aluno quanto pro professor, e a gente também deve enfatizar os espaços dos laboratórios, a Escola irmã Laura vai fechar com cinco laboratórios. São quatro laboratórios, dois bi-disciplinares, um de física e um de matemática, um de biologia e um de química, o laboratório de informática, o laboratório de linguagens, e por último, na nossa última etapa, o laboratório de educação ambiental, que é disciplina obrigatória a partir do ano que vem'', informou o diretor da escola, Renildo Sena.

A unidade também ganhará quadra poliesportiva coberta com arquibancadas e vestiários, novas instalações elétrica e hidrossanitária, e climatização em todas as salas de aula, o que assegura maior conforto e qualidade de ensino. 

"A nossa escola, assim como toda a comunidade, está muito feliz porque isso aqui é a realização de um sonho, é um sonho sonhado por todos, a comunidade como um todo e principalmente pelo nosso diretor. Há anos ele vem buscando essa reforma e ver esse projeto, que foi ele que desenhou, sair do papel. Então é uma coisa que a gente vai levar, cuidar com carinho dessa escola porque é uma motivação, tanto para nós professores, quanto para os alunos e para comunidade como um todo", destacou Douglas Moraes, presidente do Conselho Escolar da unidade.

Educação profissionalizante -  O Estado também deve entregar nos próximos meses a construção da Escola Técnica Profissionalizante de Canaã dos Carajás. Um investimento de mais de R$ 11 milhões. A unidade será gerida pela Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Educação Superior, Profissional e Tecnológica (Sectet).

Obras da Etepa de Canaã. Foto: Marcelo Lelis

As obras incluem 12 salas de aula, auditório, dois laboratórios especiais, biblioteca, anfiteatro, quadra esportiva coberta, recreio coberto, cozinha, despensa, despensa fria, dois vestiários femininos e dois masculinos, cantina, lavagem de utensílios, lixeira, grêmio, depósito de manutenção de mobiliário, área de carga e descarga.

A construção da Escola Técnica terá ainda um bloco pedagógico com 12 salas de aula, laboratório de química, dois almoxarifados do laboratório, depósito de material pedagógico, laboratório de biologia, laboratório de física, depósito de material multimídia, laboratório de matemática, laboratório de informática, almoxarifado do laboratório de informática, laboratório de línguas, biblioteca, dois banheiros femininos e dois masculinos, além de dois banheiros para pessoas com deficiência.

A prefeita de Canaã dos Carajás, Josemira Gadelha, destacou a importância da parceria entre o governo do Estado e a prefeitura para reforçar a educação pública da Região de Integração Carajás. "Entregamos agora a Escola Estadual João Nelson, e brevemente vamos entregar a Escola Estadual Irmã Laura, uma escola completamente ampliada e climatizada", disse ela.

"Temos a Usina da Paz com uma série de serviços aqui para atender a nossa população, uma escola técnica construída para que a gente possa atender melhor todos os nossos alunos do ensino médio, também, os servidores também, os professores, toda a equipe que faz a educação do Estado. Então estamos firmes, trabalhando para atender cada vez melhor o nosso povo, a nossa gente", disse a prefeita de Canaã dos Carajás, Josemira Gadelha.