Página inicial do Secretaria do Estado de Educação

Seduc avalia alunos da rede pública para fazer o diagnóstico das habilidades em séries terminais

27/06/2021 09h37 - Autor: Carol Menezes (Secom) 929 visualizações
Foto: Seduc avalia alunos da rede pública para fazer o diagnóstico das habilidades em séries terminais
Seduc avalia alunos da rede pública para fazer o diagnóstico das habilidades em séries terminais

 

 

Com o objetivo de analisar as habilidades dos alunos de séries terminais, 5º ano e 9º ano do ensino fundamental e 3ª série do ensino médio, a Secretaria de Estado de Educação (Seduc), em parceria com o Centro de Políticas Públicas e Avaliação da Educação da Universidade Federal de Juiz de Fora (CAEd/UFJF), realiza a avaliação diagnóstica para melhorar o ensino público paraense.

A avaliação mais recente leva em consideração o ano de 2020 e o primeiro semestre de 2021 e busca diagnosticar as habilidades dos alunos. Após a aplicação de questionário das disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática, que pode ser impresso ou digital, enviado para o e-mail institucional dos alunos, a Seduc lança as notas e cria relatórios de desempenho para cada turma e para cada aluno. 

O resultado norteará o trabalho pedagógico do professor, que fará um trabalho focado em cada estudante. Por exemplo, fração (Matemática) é um assunto mais difícil para os alunos e com este relatório os docentes podem trabalhar melhor o assunto.

A Secretaria está em fase de lançamento de resultados nas plataformas, etapa que vai até 2 de julho. Após o retorno das férias escolares, os professores recebem os relatórios de desempenho.

"Os alunos encerraram na sexta, 25, a participação na avaliação que vai ajudar a diagnosticar as habilidades que eles têm desenvolvido nesse período de pandemia, de aula não presencial. Essa é mais uma ação que compõe o processo avaliativo e diagnóstico dos alunos da rede estadual e a nossa intenção é tornar esses resultados conhecidos pelos professores, para que eles possam dar atenção especial às habilidades menos desenvolvidas, e que precisam de uma maior atenção e intervenção pedagógica", explica Osvanilce Palheta coordenadora Estadual de Avaliação da pasta.

DETALHAMENTO

Após o dia 2 de julho será feito o processamento dos dados, para que se tenha o detalhamento do desempenho por turmas já na primeira semana de agosto. "Com isso teremos tempo de criar estratégias pedagógicas para que no segundo semestre sejam desenvolvidas ações mais pontuais focadas nas habilidades que os alunos precisam desenvolver", conclui Osvanilce.





Agenda